Arquivo para 16 de agosto de 2011

Ozy estava certo!

Se descobríssemos que extraterrestres estivessem planejando atacar a Terra e planejássemos como contra-atacar a ameaça deixando o déficit e a inflação em um segundo plano, sairíamos desta recessão em menos de 18 meses.

Palavras do Prêmio Nobel de Economia Paul Krugman sobre como os EUA poderiam sair da recessão.

Enquanto isso…

watchmen

squid

Fonte: Público
Via: La Cárcel de Papel

Zineiros de todo o mundo, uni-vos!

cartaz

Zineiros, faneditores e editores alternativos: é com grande prazer que a Ugra Press lança a convocatória para o II Anuário de Fanzines, Zines e Publicações Alternativas. A meta, a exemplo da primeira edição, é mapear, catalogar, divulgar e estabelecer um espaço crítico para a imprensa alternativa. A novidade é que dessa vez estamos convocando editores de toda a América do Sul, o que certamente fará do próximo Anuário uma grande referência para todos aqueles que pretendem divulgar seus trabalhos, fazer contatos e conhecer a fundo a fanedição sul-americana.

Mais informações aqui.

Música e quadrinhos

batman

Neste link, um texto de Alan Moore sobre música e quadrinhos (en la lengua de los hermanos).

Morre Francisco Solano López

Solano_Lopez
Morreu, dia 12, Francisco Solano López, um dos criadores da série argentina El Eternauta, junto com Héctor Germán Oesterheld, que começou a ser publicada em 1957, durante a ditadura argentina, como uma espécie de metáfora da luta contra os invasores e acabou por tornar-se símbolo e sinônimo de herói, refletindo os anseios de toda uma época. A série durou 106 números, foi reeditada alguns anos depois e sofreu uma recriação, desta vez com Alberto Breccia nos desenhos.

el-eternauta

Capa da edição de 50 anos de El Eternauta - Reprodução

Em 1976, novamente junto com Oesterheld, foi convidado a participar de uma segunda parte de El Eternauta publicada na revista Skorpio. Por esta época, Oesterheld já era um ativista militante político, traduzindo sua ideologia em suas histórias, fato que veio a culminar em seu desaparecimento e morte, juntamente com sua família, pelos militares argentinos.

Eternauta

El Eternauta - Reprodução

Em 2007, por ocasião do aniversário de 50 anos de El Eternauta, Solano López criou uma história alternativa do personagem, com roteiro de Juan Sasturain. Recebeu a distinção de “Personalidade de destaque da Cultura”, outorgada pela Cidade de Buenos Aires, em 1998 recebeu o Prêmio Especial El Madroño da Expo Comic de Madrid e em 2009 o Sindicato de Jornalistas outorgou-lhe o Prêmio Rodolfo Walsh por sua trajetória.

Solano Slot Barr

Slot Barr - Reprodução

El prostibulo del terror

El prostibulo del terror - Reprodução

eternauta

El Eternauta - Reprodução

eternauta

El Eternauta - Reprodução

young witches

Young Witches - Reprodução

López havia sofrido um AVC e estava internado desde então. No domingo, 7 de agosto, sofreu uma queda tentando levantar-se da cama, o que provocou uma hemorragia cerebral e um coma do qual não conseguiu escapar.

O site da Revista Fierro disponibiliza um interessante artigo, publicado no número 8 de sua revista, de junho de 2007, em que López descreve passo a passo sua forma de trabalho.

A editora Martins Fontes anunciou a publicação de El Eternauta ainda para este ano.

Fonte: Página 12

Perfil do leitor brasileiro de quadrinhos

O Guia dos Quadrinhos, “o maior banco de dados e acervo de capas de gibis publicados no Brasil”, como eles mesmos se definem, está realizando uma pesquisa inédita para saber quem são os leitores de quadrinhos no Brasil.

O objetivo da pesquisa é melhorar o site, adequando-o às necessidade e expectativas de seus usuários, mas pode (e deve) servir também para traçar um perfil do leitor brasileiro: perguntas como idade, gênero (sexo é politicamente incorreto nos dias de hoje), grau de instrução, qual o tipo de quadrinhos prefere, quanto gasta e onde compra seus quadrinhos, entre outras, acabarão gerando um banco de dados com informações relevantes do público consumidor brasileiro.

logo guia dos quadrinhosDeve-se destacar a seção de perguntas relativas ao hábito de baixar scans de quadrinhos, tão em voga hoje em dia, e que podem servir para futuros debates em relação à questão dos direitos autorais de materiais colocados na rede (grande parte à revelia de seus autores, mas esta é uma outra discussão…).

O único porém da pesquisa é que apenas usuários cadastrados no site podem respondê-la. E, é claro, deve-se tomar o cuidado de não encarar o resultado final da pesquisa como um retrato fiel do público consumidor e leitor brasileiro de quadrinhos.

Caso queira participar da pesquisa, é só acessar.

Os problemas da bipolaridade…

duas caras

Visto aqui.

%d blogueiros gostam disto: