Um heróico declínio

gráfico

O gráfico ao lado mostra o declínio nas vendas de quadrinhos nos EUA (em milhões de exemplares) e a respectiva receita obtida pelas vendas (em milhões de dólares).

Pode-se supor (e quase afirmar com certeza) que este gráfico é o responsável direto pelas atitudes tomadas recentemente pelas duas maiores editoras americanas em relação a suas publicações: enquanto a Marvel investe em sagas atrás de sagas (já tem mais uma no forno) envolvendo toda (ou quase) a sua linha de revistas, a DC apela para uma reformulação geral de seu portfolio, recomeçando (de novo) a numeração das revistas a partir do número 1 e reformulando (de novo) seus personagens, desta vez limitando-se ao número de 52 publicações mensais e lançando-as, simultaneamente, em formato digital com o mesmo preço de banca.

Resta saber se essas estratégias conseguirão mudar a cara do mercado e alavancar as vendas ou se as editoras terão que mudar suas estratégias novamente (quem sabe, ouvindo o que os consumidores têm a dizer…).

Liga da Justiça

Liga da Justiça #1

PS: Um dado interessante: a nova LJA #1 já teve mais de 200.000 exemplares vendidos em pré-venda e outras 6 publicações dos novos #1 da DC já tiveram mais de 100.000 exemplares vendidos em pré-venda. Seria este um sinal de que a Divina Concorrente (como dizia a Abril nos velhos tempos) estaria no caminho certo?

Fonte: The Beat.

Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: