Sou apenas eu

morte

Eu não sou abençoada ou misericordiosa. Eu sou apenas eu. Eu tenho um trabalho a fazer e eu faço. Ouça: mesmo quando estamos falando, eu estou lá para velhos e jovens, inocentes e culpados, aqueles que morrem juntos e aqueles que morrem sozinhos. Estou em carros e barcos e aviões, em hospitais e florestas e matadouros. Para algumas pessoas, a morte é uma libertação e para outros é uma abominação, uma coisa terrível. Mas no final, eu estou lá para todos eles.

Morte, dos Perpétuos, sobre ela mesma. Visto aqui.

Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: