Não são humanos!

x-men

Os X-Men não são humanos! Pelo menos, no que se refere às taxas pagas em relação à importação de brinquedos (ou, como preferem os aficionados, action figures [bonequinho é o…]).

Explica-se: a Toy Biz importou várias action figures da China e, de repente, percebeu que pagou uma taxa de importação maior do que os demais brinquedos, também trazidos de lá. É que as taxas de importação relativos a brinquedos que representem “seres humanos, suas partes e acessórios” são mais altas do que a de outros brinquedos que não tenham relação com a figura humana.

x-men

Aí, é claro, a empresa entrou na justiça alegando que tais personagens, assim como outros similares da Marvel (Hulk, Aranha e cia.) não são humanos, mas algo além disso (seja lá o que isso quer dizer…). Após mais de 10 anos de briga judicial, o Tribunal de Comércio Internacional dos Estados Unidos deu um parecer favorável à empresa, concordando em não fazer constar os personagens da Marvel como integrantes da raça humana.

O problema todo é que foi, como diria William, muito barulho por nada, uma vez que essa distinção entre brinquedos já faz parte de um sistema de tarifação extinto. E só fez dar razão ao simpático senhor que aparece no primeiro quadrinho do post…

Visto aqui.

Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: